home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
30/07/18
Hospital sem licença vai reabrir como Cidade de Saúde, em Los Angeles
Após encerramento em 2017, novos donos apresentaram solução para funcionamento
Filipe Sousa

Os novos donos do antigo Pacific Alliance Medical Center, conhecido como Chinatown Hospital, sediado em Los Angeles e fechado em novembro de 2017, disseram durante uma coletiva de imprensa que planejam reabrir as instalações até ao final do próximo verão como uma "cidade de saúde". A notícia é do Los Angeles Downtown News.

Os novos donos, Allied Physicians of Califórnia, ou Allied Pacific IPA, e AHMC Healthcare, compraram em conjunto o hospital de 90.000 metros quadrados por cerca de US $ 33 milhões, do La Société Francaise De Bienfaisance Mutuelle De Los Angeles.

Um membro da direção antecipou que as instalações serão reabertas como Allied Healthcare City e incluirão serviços de atendimento de urgência, uma clínica abrangente e um centro ambulatorial. Embora a comunidade preferisse reabrir o hospital como estava, as autoridades não podem fazê-lo, uma vez que o hospital entregou sua licença de operação quando fechou no ano passado, devido a custos relacionados à adaptação de suas instalações para atender aos padrões sísmicos do estado.

"Hoje, todos nos sentamos aqui neste edifício hospitalar, não é um hospital, não tem uma licença hospitalar ativa", disse o membro da direção. "O melhor que podemos fazer neste momento, de forma prática, de forma pragmática, não é ressuscitar um hospital ativo, mas sim construir um centro ambulatorial. Podemos pelo menos preencher a lacuna nos serviços necessários".

As autoridades esperam construir a cidade de saúde em três fases. Até ao final do verão na Califórnia, as autoridades esperam abrir um centro de atendimento de urgência abrangente. No final da segunda fase, a instalação abrigará uma clínica multi-especial e potencialmente abrigará uma unidade de saúde comportamental. A terceira fase envolve a construção de um novo hospital no local para fornecer serviços essenciais para a comunidade, de acordo com o relatório.

As autoridades não apresentaram um cronograma para a segunda e terceira fases, mas informaram que a cidade de saúde empregará inicialmente de 15 a 20 pessoas e operará por 12 horas por dia, expandindo as operações para 24 horas por dia.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.